Mauricio Figueiredo

Educação, recursos humanos e o melhor do et cetera

quarta-feira, 22 de março de 2017

Caso Eliza Samudio

Justiça aceita denúncia contra irmão de Bruno por participação no sequestro de Eliza Samudio

O juiz Marco Couto, titular da 1ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, aceitou, na sexta-feira, dia 17, denúncia oferecida pelo Ministério Público contra Rodrigo Fernandes das Dores de Souza, irmão do goleiro Bruno, e Anderson Rocha da Silva, o Russo, pela participação no sequestro da modelo Eliza Samudio, em 2009. A investigação, na época, concluiu que eram quatro homens que ocupavam o carro que transportou Eliza durante o sequestro, mas somente Bruno e Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, haviam sido identificados.
De acordo com as investigações, no momento em que Bruno ameaçava e obrigava Eliza a entrar em seu carro, Rodrigo encontrava-se no interior do veículo, escondido, deitado no banco traseiro. Logo em seguida, Russo e Macarrão surgiram e também entraram no automóvel.  Eliza foi levada ao apartamento de Bruno, quando foi obrigada a tomar medicamentos abortivos, pois se encontrava no 5º mês de gravidez. Segundo as investigações, os acusados ameaçavam a modelo para que ela concordasse com o aborto.
Para não interferir na tramitação do processo, em razão de não terem sido identificados todos os participantes do sequestro, a Justiça decidiu pelo desmembramento das investigações, o que possibilitou o julgamento de Bruno e Macarrão separadamente. 
O Ministério Público chegou a solicitar arquivamento do inquérito relativo a Anderson e Russo, porém, o juiz Marco Couto entendeu que havia provas suficientes para o prosseguimento das investigações e identificação dos demais sequestradores.

Árvores nas escolas

As escolas da rede estadual de ensino receberão 15 mil mudas de ipês, nas cores amarelo, branco, rosa, roxo e verde, que serão plantadas ainda este ano. O Termo de Cooperação para trabalho em conjunto entre a Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) e a CEDAE foi assinado nesta terça-feira, dia 21, às 15 horas, na sede da Companhia, na Cidade Nova, marcando as comemorações pelo Dia Mundial da Água, que será comemorado no dia 22 de março. 
 
– A iniciativa unindo CEDAE à SEEDUC reforça a preocupação de todos com o meio ambiente e com a importância da água. Os estudantes são o melhor caminho para a conscientização dos adultos para o uso racional desse bem, que é finito – afirmou o presidente da CEDAE, Jorge Briard.
 
O Secretário de Estado de Educação, Wagner Victer, destaca que esta é uma ação de caráter pedagógica em atenção ao Dia Mundial da Água, criado para ampliar a conscientização da população em relação a este tema tão importante.
 
– Esse trabalho em conjunto tornará as escolas muito bonitas no futuro, contribuindo para criar a consciência ambiental. O plantio funcionará como uma atividade pedagógica, além de tornar o clima das escolas mais agradável com uma árvore que floresce e, sobretudo, sendo original da Mata Atlântica – disse o Secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.
 
Os ipês que serão plantados pelos alunos com o apoio da CEDAE nas cerca de 1.250 escolas públicas estaduais de todo o Rio de Janeiro foram produzidos nos viveiros de espécies da Mata Atlântica, mantidos nas estações de tratamento e unidades da CEDAE (Magé, Campo Grande, Guandu, Alegria, Alemão e São Gonçalo), com capacidade para produzir 1,8 milhão de mudas por ano. 
 
O cultivo das plantas é realizado por presos do sistema semiaberto, que integram o programa de ressocialização da Companhia, pelo qual já passaram, desde 2007, mais de 3 mil egressos do sistema prisional.
 
O Dia Mundial da Água foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 22 de março de 1992. A data foi sugerida durante a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento realizada naquele ano e passou a ser comemorada em 1993. O objetivo desse dia é conscientizar a população sobre a importância da água para a sobrevivência. Além disso, a data é um momento para lembrar a importância do uso racional desse recurso.



Bloqueio de bens

Justiça decreta bloqueio de bens de ex-conselheiro do TCE e sua personal trainer
O juiz Daniel Schiavoni Miller, da 10ª Vara de Fazenda Pública da Capital, decretou a indisponibilidade dos bens de Alessandra Pereira Evangelista e do espólio do ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) Julio Lambertson Rabello, morto em 2015, avaliados em R$ 411.428,90. De acordo com os autos processuais, Alessandra foi nomeada para cargo em comissão no Tribunal de Contas do Estado de forma irregular porque prestava serviço de personal trainer para o conselheiro e sua esposa.
“Neste sentido, os informes arrecadados com sindicância administrativa, no interior da Corte de Contas e em inquérito civil, mostrando, a priori, desencontro ou fragilidade de versões e narrativas pelas pessoas ouvidas, notadamente a demandada e seus supostos colegas de repartição. As graves condutas imputadas à ré e ao extinto conselheiro do TCE foram delineadas, com suficiente individualização, e o valor do dano a ser ressarcido, em regime de solidariedade, ante a concorrência para o evento, foi definido na inicial, conforme planilha a fls. 418, sendo este o limite da indisponibilidade pretendida. Isso posto, presentes os requisitos, na forma do artigo 7º da Lei 8.429/92, decreto a indisponibilidade dos bens de ambos os réus, pelo valor de R$411.428,90 (quatrocentos e onze mil, quatrocentos e vinte e oito reais e noventa centavos)”, determinou o magistrado.
Segundo a ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público, Alessandra recebia R$ 9 mil mensais pelo cargo.
Processo nº - 0044936-15.2017.8.19.0001

Segmento infantil e negócios

Negócios voltados para as crianças crescem driblando a crise
A economia brasileira vive um momento difícil atualmente e há empresários que veem no público infantil uma forma de driblar a crise. Segundo o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) e uma análise do Sebrae, produtos e serviços para este público movimentam R$ 50 bilhões ao ano no Brasil. O segmento infantil apresenta crescimento médio anual de 14%, conforme dados de mercado. O bom desempenho desses empreendimentos acontece por razões que vão desde uma necessidade particular como a paixão pelos pequeninos.
É o caso de Claudiane Lessa, que por acompanhar muito seu filho Davi, de 5 anos, em seus trabalhos artísticos, enxergou uma oportunidade na criação de uma agência mais preparada e focada no público infantil, estimulando a independência e autonomia das crianças, mas, ao mesmo tempo, seguindo uma rotina que respeite o desenvolvimento delas. A agência Meni & Mená Kids atua na capacitação de modelos mirins e é especializada em fornecer elenco infantil e juvenil para trabalhos publicitários.
“A nossa missão é alcançar a excelência na inserção de artistas mirins nesse disputado mercado por meio de uma abordagem com a criança e para a criança”, diz Claudiane.
Recentemente a agência realizou um desfile solidário e um workshop com artistas consagrados, professores e coachs de atores com reconhecida experiência na preparação de crianças e adolescentes para o ramo do entretenimento. A agência ainda realiza oficinas de teatro para esse nicho que cresce cada vez mais.
Formado em Gestão e com MBA em marketing Empresarial, Felipe Moura começou a identificar muita solidez e potencial no segmento infantil. Apaixonado por crianças, sempre amou trabalhar com os pequeninos em várias fases da sua vida e decidiu que montaria seu negócio baseado nisso. Daí surgiu a Violúdico, que hoje é um dos grandes nomes entre os grupos de entretenimento infantil e aulas de musicalização sensorial para bebês.
“A Violúdico cresceu muito, até mesmo na crise financeira, pois os pais realmente não se poupam quando a questão envolve a alegria dos seus filhos. Outro fator que consideramos importante é ter um trabalho totalmente diferenciado e elaborado para atender pais cada vez mais exigentes. Com o acesso à informação, as crianças também se tornam cada vez mais seletivas. Além de oferecer um trabalho primoroso, é preciso saber vender isso”, comenta Felipe.
Além de trabalhar com aulas de musicalização com desenvolvimento sensório-artístico para bebês, o grupo realiza animação lúdica para festas infantis e shows. A Violúdico também aposta muito nas redes sociais interagindo diariamente por Facebook, Instagram e até com canal em YouTube para mostrar seu trabalho através de vídeos, fotos e artigos interessante para seus seguidores", complementa Felipe.
Serviços:
Meni & Mená Kids
Tel: 21- 99624-9303

Violúdico
Tel: 21-96569 – 8500



terça-feira, 14 de março de 2017

Enem conectado

Blog de professor da rede estadual dá dicas sobre como ingressar na universidade
Enem Conectado já recebeu mais de 400 mil acessos
 

Ingressar na universidade é o sonho de muitos jovens, mas nem sempre as informações sobre os processos seletivos estão facilmente à disposição. Atento às dúvidas aparentemente simples dos alunos, o professor Francisco Gomes Júnior criou o projeto ‘Enem Conectado’. O que começou como um bate-papo nos intervalos das aulas do Instituto de Educação Sarah Kubitschek, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, evoluiu para um blog com mais de 400 mil acessos.

Francisco conta que passou a observar a ansiedade dos alunos, especialmente os da 3ª série do Ensino Médio. Foi, então, que decidiu visitar as salas de aula para atualizar o calendário das provas, ensinar o significado de siglas, como Sisu e Prouni, além de explicar a metodologia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).



- Comecei a perceber que os alunos não conheciam o caderno de provas do Enem. Então, resolvi mostrar como o material é dividido, quais as áreas de conhecimento cobradas e a necessidade de organizar melhor o tempo para responder as questões e fazer a redação. Minha ideia foi a de tornar esse processo mais familiar para eles e tranquilizá-los durante as provas. Às vezes, o candidato pode estar até com todos os conteúdos em dia, mas, se não souber administrar o tempo, acaba sendo prejudicado. -, ressalta. Para estar sempre por dentro das novidades, desde 2010, ele mesmo se inscreve e participa do Enem.

Criado em 2012, o blog 'Enem Conectado' (http://enemconectado.blogspot.com.br) contém o cronograma de inscrições para o Enem e as principais universidades públicas, e também traz dicas de conteúdos e de preparatórios online gratuitos, entre outras informações.

- O projeto ganhou uma proporção que eu não esperava. Foi um trabalho feito boca a boca. Começou em sala de aula, mobilizou a escola e agora está ao alcance de todos, sem limites de lugares e idades. -, comemora Francisco, que se divide entre a carreira de professor em Campo Grande e o cargo de diretor do C.E. Pedro Álvares Cabral, em Copacabana.

Uma das alunas beneficiadas foi Thaynara Nascimento Costa, que cursa o último período de Pedagogia, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A jovem foi normalista do I.E. Sarah Kubitschek e credita ao projeto o primeiro passo para ingressar na faculdade. Ela será a primeira da família a ter formação superior.

- Entrar na UFRJ sempre foi o meu sonho, mas eu não tinha as ferramentas necessárias. Foi quando eu soube do ‘Enem Conectado’ e comecei a tirar minhas dúvidas com o professor Francisco, inclusive em redação. Até minha irmã gêmea, Thayana, que estudava em outra escola, se beneficiou com as orientações fornecidas no blog. Quando fiz os exames, eu estava mais tranquila e segura. Por isso, sempre recomendo o portal para quem tem dúvidas. –, disse Thaynara, que estudou durante seis meses na Universidade do Porto, em Portugal, após ser selecionada no Euro-Brazilian Windows (EBW), projeto que oferece bolsas nas melhores universidades europeias, e hoje integra um grupo de pesquisas sobre avaliação em larga escala na UFRJ.

Foto: Carlaile Rodrigues

Carlinos de Jesus


Acusados da morte de filho de Carlinhos de Jesus irão a júri popular na quarta, dia 15

Serão julgados no I Tribunal do Júri da Capital, na próxima quarta-feira, dia 15, às 13h, os réus Miguel Ângelo da Silva Medeiros, André Pedrosa dos Santos e Magno Carmo Pereira. Os três foram denunciados pela morte do músico Carlos Eduardo Mendes de Jesus, filho do coreógrafo Carlinhos de Jesus, na madrugada do dia 19 de novembro, de 2011, em Realengo, Zona Oeste do Rio. O juiz Gustavo Direito presidirá o julgamento.
O trio responde pelo crime de homicídio qualificado. Os outros réus Wellington do Carmo Ferreira, Marlon Soares Pinheiro e Evandro Silva de Souza são também acusados de cometer o crime, mas entraram com recurso, por isso não foram pronunciados (não foram a júri popular). Todos estão presos.
Carlos Eduardo Mendes de Jesus era vocalista de um grupo de samba. Na época, investigadores descobriram que integrantes da banda da qual Dudu fazia parte se envolveram em uma briga com um policial militar numa festa.
Processo n°0496754-48.2011.8.19.0001

sábado, 11 de março de 2017

Galo da madrugada

O galo canta às 3 da madrugada
Mas, como um louco
canta a qualquer hora do dia,
inclusive, ao meio-dia

Canta às 2, 4, 6
ou meia-noite
e em plena madrugada

Canta como quem pede socorro
do alto do morro
ou no fundo do poleiro

Levar o galo à veterinária Cecília
ou ao padre exorcista...

O que fazer com o galo?
Covardemente matá-lo?

O galo canta e nos irrita

Não canta: o galo grita
Mexe em nossa consciência
como fez a Pedro,
lembrando que não traímos
somente três vezes,
mas sim a cada minuto
ou segundo
da própria Vida...

(Mauricio Figueiredo)

sexta-feira, 10 de março de 2017

Profissionalizate-RJ

Escolas estaduais com ensino profissionalizante em Empreendedorismo 
estão com matrículas abertas
 No Rio de Janeiro, 36 unidades de horário integral estão com vagas disponíveis
 
A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) está com matrículas abertas para 36 escolas, localizadas em 25 municípios, que ofertam ensino profissionalizante em Empreendedorismo em horário integral. As matrículas devem ser feitas diretamente nas unidades. Nessas escolas, os alunos terão aulas sobre como empreender e abrir negócios, além de carga horária adicional em Português, Matemática e Inglês.
 
A iniciativa tem a parceria do Sebrae, que treinará os professores da rede estadual em empreendedorismo, e do Instituto Ayrton Senna. As vagas disponíveis são para escolas localizadas nos municípios de Niterói, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Nilópolis, Magé, Itaguaí, Paracambi, Japeri, São Gonçalo, Itaboraí, Barra do Piraí, Barra Mansa, Volta Redonda, Rio Claro, Resende, Pinheiral, Campos dos Goytacazes, São Francisco de Itabapoana, Conceição de Macabu, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, Petrópolis, Saquarema, São Pedro da Aldeia e Valença. Em quatro anos, essas escolas atenderão a 20 mil estudantes.
 
– Esta é uma iniciativa pioneira no país. Desenvolver ensino profissionalizante em empreendedorismo pretende levar os jovens a entender que empreender significa buscar soluções e alcançar objetivos, preparando o aluno para o mundo do trabalho, permitindo que construa sua autonomia, que tome decisões qualificadas e faça escolhas para além da escola –, destaca o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.
 
As escolas com matrículas abertas aderiram ao Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral, do Ministério da Educação (MEC).
 
ESCOLAS COM MATRÍCULAS ABERTAS EM EMPREENDEDORISMO

BAIXADA FLUMINENSE
Ciep 208 – Alceu Amoroso Lima – Duque de Caxias, bairro Jardim Primavera
Ciep 031 – Lírio do Laguna – Duque de Caxias, bairro Laguna e Dourados
Ciep 356 – Augusto Ruschi – Nova Iguaçu, bairro Jardim Paraíso  
Ciep 200 – Recanto dos Colibris – Nova Iguaçu, bairro Jardim Boa Esperança
Ciep 317 – Aurélio Buarque de Holanda – Nova Iguaçu, bairro Caioaba
Ciep 324 – Mahatma Gandhi – Nova Iguaçu, bairro Aliança
Ciep 383 – Máximo Gorki – Nova Iguaçu, bairro Marapicu
Colégio Estadual Marechal Zenóbio da Costa – Nilópolis, bairro Olinda
Colégio Estadual Joaquim Leitão – Magé, bairro Santo Aleixo
Ciep 329 – Juan Martinho Carrasco – Itaguaí, bairro Brisamar
Ciep 498 – Irmã Dulce – Itaguaí, bairro Chaperó
Ciep 500 – Antônio Botelho – Paracambi, bairro BNH 
Colégio Estadual Armando Dias – Japeri, bairro Nova Belém
  
SÃO GONÇALO
Colégio Estadual Ministro José de Moura e Silva – São Gonçalo, bairro Rocha
Ciep 240 – Professor Haroldo Teixeira Valladão – São Gonçalo, bairro Almerinda
 
ITABORAÍ
Ciep 129 – José Maria Nanci – Itaboraí, bairro Venda das Pedras
Ciep 426 – Eduardo Ribeiro de Carvalho – Itaboraí, Quissamã
Ciep 424 – Pedro Amorim – Itaboraí, bairro Visconde de Itaboraí
 
NITERÓI
Colégio Estadual Brigadeiro Castrioto – Niterói, bairro São Lourenço
 
REGIÃO DO MÉDIO PARAÍBA/SUL 
Ciep 310 – Professora Alice Aiex – Barra do Piraí, bairro Parque São Joaquim
Ciep 292 – Professora Jandyra Reis de Oliveira – Barra Mansa, bairro Ano Bom
Ciep 484 – Toninho Marques – Volta Redonda, bairro Belmonte
Ciep 296 – Presidente Benes – Rio Claro, bairro Lídice
Ciep 291 – Dom Martinho Schlude – Pinheiral, Centro
Colégio Estadual Antonina Ramos Freire – Resende, bairro Alegria
 
REGIÃO NORTE
Colégio Estadual Nelson Pereira Rebel – Campos dos Goytacazes, bairro Travessão
Ciep 470 – Celso Martins Cordeiro – São Francisco de Itabapoana, Centro
Ciep 271 – José Bonifácio Tassara – Conceição de Macabu, bairro Garapa
 
REGIÃO NOROESTE
Colégio Estadual Chequer Jorge – Itaperuna, bairro Vinhosa
Colégio Estadual Almirante Barão de Teffé – Santo Antônio de Pádua, Centro
 
REGIÃO SERRANA
Ciep 137 – Cecília Meireles – Petrópolis, bairro Correas 
Ciep 281 – Gabriela Mistral – Petrópolis, bairro Posse
 
REGIÃO DOS LAGOS
Ciep 258 – Astrogildo Pereira – Saquarema, Bacaxá
Ciep 262 – Curvelina Dias Curvello – São Pedro da Aldeia, bairro Porto do Carro
 
REGIÃO CENTRO-SUL
Colégio Estadual José Fonseca – Valença, bairro Centro
Colégio Estadual Almirante Rodrigues Silva – Valença, bairro de Fátima




quinta-feira, 9 de março de 2017

Servidores-RJ

Liminar impede bancos de descontar consignado direto na conta de servidores

A juíza Maria Christina Berardo Rucker, da 2ª Vara Empresarial do Rio, concedeu nesta quarta-feira, dia 8, liminar que impede 26 bancos de descontarem na conta corrente dos servidores os valores dos empréstimos consignados que não foram repassados pelo governo estadual. A liminar, que vale para todo o Brasil, também determina a exclusão dos nomes dos servidores inscritos nos cadastros de devedores, em função da aplicação da cláusula que permite a cobrança direta, assim como proíbe novas negativações por esse motivo. Ainda cabe recurso.
A ação civil pública foi movida pela Defensoria Pública do Rio de Janeiro e pelo Ministério Público estadual.  São réus no processo os bancos Bradesco; Bradesco Financiamento; Agiplan; Alfa; BGN; BMG; Olé/Bonsucesso; Cacique; Cifra; Daycoval; Crédito e Varejo; Banco do Brasil; BRB; BV; CCB; Intermedium; Lecca; Mercantil do Brasil; Mercantil do Brasil Financeira; Banrisul; Fibra; Original; Pan; Safra; Santander; Paraná.
“Se o Estado vem atrasando os salários dos servidores, evidentemente que o atraso no desconto do valor consignado é de responsabilidade do Estado e não do servidor”, escreveu a juíza na decisão.
De acordo a magistrada, o perigo de dano é evidente, em razão da grande probabilidade de duplo desconto ou de negativação indevida do consumidor que não está inadimplente, pois tem seu débito já descontado da folha de pagamento, quando recebido o salário em atraso.
“Na verdade, a Instituição Financeira vem se pagando a ´manu militari´ (pela força), agravando ainda mais a situação dos servidores que não só não recebem seus salários pontualmente, mas ainda têm suas economias ‘raspadas’ pelos Bancos”, ressaltou.
Uma audiência de conciliação envolvendo os autores e réus da ação foi marcada para o dia 10 de maio, às 16h, no Fórum Central do Rio.
Veja a íntegra da decisão: https://goo.gl/jN0zn4
Processo 0042232-29.2017.8.19.0001

Educação diária

"Não reclame: ame.
A vida é feita de ação
e não de reclamação"
(Mauricio Figueiredo)

É verdade que não devemos ser passivos diante dos erros que encontramos pela frente, sobretudo os cometidos pelos políticos, que como representantes do povo devem pautar seus trabalhos em defesa dos interesses de todos e não em benefício próprio.
Reclamar do mau funcionamento das escolas, hospitais, empresas de telefonia, de transportes etc faz parte da cidadania. Devemos estar vigilantes e participantes.
Contudo, a reclamação, sobretudo a infrutífera, que não atinge seus objetivos, como o hábito de reclamar de tudo via rede sociais acaba se constituindo em um vício substituindo a verdadeira e efetiva participação política.
O Brasil conta com mais de 30 partidos políticos. É evidente que o jogo político está armado para não dar certo, com a proliferação de partidos de aluguéis que figuram no cenário com o único intuito de levar vantagem em tudo. A reforma política é essencial para que as coisas sejam colocadas no eixo. Enquanto isso, é fundamental que as escolhas sejam feitas de forma consciente, procurando-se separar o joio do trigo, pois mais difícil que a tarefa pareça.
De nossa parte, também como cidadãos somos chamados a ação e ela não precisa ser espalhafatosa. Pequenos gestos contribuem em muito para a mudança do quadro. A boa e velha educação deve ser colocada em prática, não se deixando levar pela maré do modismo, como a de se falar palavrão gratuitamente ou fazer o endeusamento de "ídolos de barro" fabricados pela mídia. Para isso, é preciso nadar contra a maré, deixando de ser "o maria vai com as outras".
A Educação não é apenas uma questão de escola ou de sala de aula, é algo muito mais amplo e nas redes sociais está a oportunidade de colocarmos a nossa em prática. (Mauricio Figueiredo)

TecEscola



Professores desenvolvem aplicativos para celular
Ferramentas tecnológicas educacionais despertam interesse e aumentam produtividade nas aulas

Cada vez mais professores têm deixado de lado o antigo quadro de giz para dar lugar a ferramentas tecnológicas. Na rede estadual de ensino, alguns dispositivos têm sido desenvolvidos por educadores, visando enriquecer as aulas e despertar o interesse dos jovens.

Entre os exemplos, estão os aplicativos pedagógicos ‘Universos & Tribos’, ‘Profissapapps foram idealizados por docentes de escolas estaduais como parte do projeto ‘TecEscola’, que tem o apoio da Secretaria de Estado de Educação.



O professor de Matemática, Fábio Gonçalves Polck, desenvolveu junto com a colega de Biologia, Maria de Fátima da Cunha Carneiro, o aplicativo ‘Universos & Tribos’. Trata-se de um quiz – perguntas e respostas – voltado para o conhecimento nas disciplinas que lecionam.

- Com o smartphone, o estudante tem acesso a exercícios em sala de aula, na rua e em casa. No ano passado, utilizei o recurso com alunos que ficaram em recuperação e deu certo, tanto que a maioria conseguiu atingir as notas necessárias para aprovação. O perfil do aluno mudou e, aos poucos, também estamos mudando o jeito de dar aula.

Segundo Fábio, que leciona no Colégio Estadual Amaro Cavalcanti, no Largo do Machado, Zona Sul do Rio, a recepção das turmas novas, da 1ª série do Ensino Médio, foi positiva neste início de ano letivo.

- Conversei com a turma e avisei que vamos trabalhar muito com a tecnologia. Além do uso do aplicativo e da troca de e-mails com exercícios, também mostrei o site Conexão Escola (www.conexaoescola.rj.gov.br), que tem material de estudos. Os alunos receberam bem e ficaram felizes em saber que, como essas ferramentas têm um fim pedagógico, eles não são proibidos de usar o celular em sala - comemorou.

Já o aplicativo ‘Profissap’ propõe um direcionamento para a área de interesse, com a descrição de profissões.

- É como um teste vocacional. A proposta é descrever as profissões, informar os locais onde existem universidades e apresentar depoimentos de profissionais de diferentes áreas. - explicou Rita de Cássia Garcia, do Colégio Estadual Professor Antonio Maria Teixeira, uma das idealizadoras do app.

De acordo com o professor de Filosofia, Pedro Menezes, a ideia de desenvolver o ‘Sonhe!’ foi dar suporte quanto aos seus desejos e planos do aluno, fornecendo informações sobre suas áreas de interesse, como matemática, música, história, entre outras.

- Tentei sair do trivial. O aplicativo conta com o desenvolvimento de projetos relacionados ao que o aluno gosta. É uma forma de pensar o mundo a partir do conhecimento que adquire na escola – ressalta o docente do Colégio Estadual Ministro Orozimbo Nonato, em Higienópolis, na Zona Norte do Rio. 

Também responsável pelo aplicativo 'Sonhe!', Mauro Ferreira de Oliveira, professor do Colégio Estadual Agripino Grieco, em Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio, e do Ciep Túlio Roberto, em Duque de Caxias, considerou a experiência grandiosa.

- A tecnologia na sala de aula é uma grande parceria para o conhecimento - destacou Mauro.

Para o ano letivo de 2017, a proposta dos educadores é atualizar os apps, a partir do feedback de alunos e professores. Os aplicativos estão disponíveis para os sistemas operacionais Android e IOS.


Foto: Marcia Costa/Seeduc-RJ.